Entenda quais são as diferenças entre um apartamento e um flat

Tempo de leitura: 7 minutos

No momento de decidir por um novo imóvel, é normal que apareçam algumas dúvidas, como o tamanho ideal e o tipo de residência perfeita. E dois modelos que têm sido bastante procurados são apartamento e flat — cada qual com as suas particularidades. Por mais que pareça que a única diferença seja o tamanho, esses imóveis servem mercados, propósitos e perfis de moradores bem distintos.

Neste post, vamos explicar as vantagens e as desvantagens de cada um para que você analise e identifique qual o ideal para você. Vamos lá?

O apartamento

Uma unidade imobiliária padrão é chamada de apartamento tipo e tem fins residenciais. Ela é caracterizada pelo espaço bem dividido e é categorizada pelo número de quartos ou de níveis.

Normalmente, possui vários cômodos separados — como suíte, cozinha, banheiro, área de serviço e sala de estar e de jantar. Além disso, os apartamentos habitualmente têm direito a uma ou mais vagas de garagem no edifício.

As vantagens

Muita procura

Inicialmente, é um patrimônio muito procurado e valorizado, que tem o valor calculado tendo em vista a sua área interna. E, como são mais espaçosos que os flats, vão valer mais em uma revenda.

Espaço para todos

Em 2º lugar, são excelentes para quem pretende aumentar a família (vale mais a pena comprar um imóvel de 2 quartos em vez de um imóvel de quarto único) por conterem espaço íntimo e espaço de confraternização.

Ideal para receber pessoas

Como dissemos, os apartamentos têm plantas muito bem divididas, permitindo separar a parte íntima da casa (as suítes e os quartos) das áreas comuns, como a sala e a cozinha. Por isso, se você gosta de receber amigos em casa, o apartamento é a opção mais agradável.

Personalização

Por fim, outra grande vantagem de ter um apartamento é poder ficar tranquilo por ter um bem vendável que conta com várias facilidades, como vagas, área de lazer do condomínio, possibilidade de reformas e de adaptações, entre outros benefícios.

Além disso, como ele não será mobiliado, você poderá personalizá-lo para deixá-lo com a sua cara, escolhendo os móveis e a decoração e mantendo tudo do seu jeito.

As desvantagens

Limpeza e manutenção

Como é um imóvel mais amplo, você terá mais custos para mantê-lo limpo e bem cuidado. Se você não tem muito tempo para varrer ou aspirar, cuidar do piso e das áreas frias, pode ser necessário contratar alguém para fazer esse serviço.

Gastos mensais

Em um apartamento, não existem serviços inclusos. Se você quiser ter telefone, TV a cabo e acesso à internet, por exemplo, terá que cuidar da contratação e do pagamento de cada um desses serviços, enquanto em um flat essas facilidades costumam estar incluídas nas despesas de condomínio.

O flat

O flat é um imóvel de tamanho compacto, que normalmente fica em um edifício comercial como um hotel e está no “pool” — o que significa que pode ser alugado como um quarto de hotel, seja por dia ou por mês (como um apartamento comum).

São caracterizados por terem uma área menor, espaços integrados e serviços incluídos, além de habitualmente serem entregues mobiliados. São preferidos por pessoas que moram sozinhas, casais jovens e também são um investimento muito visado no setor imobiliário.

As vantagens

Praticidade

O flat é entregue realmente pronto para morar, com móveis, aparelhos elétricos e eletrônicos, utensílios de cozinha e de banheiro e até mesmo roupas de cama. Portanto, você não terá que se preocupar em comprar toda a mobília e os equipamentos como teria que fazer em um apartamento.

Serviços incluídos

Da mesma forma que você teria que equipar um apartamento, também teria que contratar e pagar por cada serviço, seja ele telefone, internet ou TV a cabo. No flat, esses serviços já estão incluídos no condomínio, algumas vezes até com outras opções.

Por isso, você paga um pouco mais caro no condomínio, mas fica livre dessa preocupação de correr atrás de operadoras e de pagá-las todo mês. Com certeza é bem prático poder liquidar todos esses gastos mensais de uma vez só.

Serviços pay-per-use

Além disso, existem também serviços pay-per-use, nos quais você paga somente nas vezes que utilizar. Dessa forma, opcionais como academia, limpeza do local, lavagem e passagem de roupas e outras facilidades estarão disponíveis para que você utilize quando precisar. Assim você não sente que está pagando por várias coisas que não usa.

Limpeza e manutenção

Como o flat é compacto, será mais fácil de limpá-lo e organizá-lo. Além disso, como são unidades mobiliadas, normalmente os móveis são embutidos e feitos sob medida, o que previne o acúmulo de poeira e deixa a arrumação mais rápida. Para melhorar, existem flats que contam com o serviço de limpeza, o que pode te poupar desse trabalho.

Investimento

Por último, uma vantagem bem única é a possibilidade de, caso você opte por comprar outro imóvel depois, usar o flat como investimento e colocá-lo para alugar como um quarto de hotel. Será uma boa maneira de obter um retorno para pagar um novo apartamento ou para ter uma renda extra.

As desvantagens

Tamanho

Morar em um imóvel pequeno pode ser uma vantagem para limpar e organizar, mas não é exatamente ideal para receber os amigos, familiares ou mesmo para que cada morador da casa tenha o seu espaço pessoal.

Espaços integrados

Por mais que seja ótimo poder cozinhar assistindo TV, a verdade é que os espaços integrados nem sempre são interessantes. Uma cozinha americana é excelente, uma sala com varanda também.

Mas quando a cozinha é conectada ao quarto, pode haver uma grande desvantagem. Se você costuma cozinhar em casa, pense que poderá ser desagradável ter os lençóis com resquícios de gordura ou os travesseiros com cheiro de fritura.

Localização

Como os flats ficam em edifícios comerciais, como hotéis ou empreendimentos mistos, é normal que fiquem em bairros bem centrais (o que é ótimo!). Todavia, como buscam ter um acesso estratégico, isso pode significar estar em meio a uma avenida movimentada.

O ponto pode até ser uma vantagem, dependendo do seu perfil, mas normalmente não é muito interessante morar em uma via de muito trânsito. Para sair de carro será mais custoso e, se não houver vaga de garagem, não é certo que você encontrará lugares próximos para estacionar.

Como você pode ver, existem muitas diferenças entre os 2 tipos de imóveis. Então, você deve analisar bem o seu perfil (e os seus objetivos para os próximos anos) antes de optar por um deles.

Se a sua ideia for morar sozinho por um tempo, talvez o flat seja uma boa opção que oferece conveniência, praticidade, serviços, um espaço compacto e boa localização.

Por outro lado, se você quiser começar uma família, personalizar o apartamento do seu jeito, escolher a sua operadora de TV, internet e telefone e ter um imóvel maior e mais bem dividido, o apartamento é o ideal.

E aí, o que você achou deste post? Conseguimos clarear as diferenças entre apartamento e flat para facilitar a sua decisão? Então assine já a nossa newsletter para ficar sempre por dentro de assuntos como esse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *