Avalista e fiador: quando são necessários e como consegui-los

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você está considerando comprar ou alugar um imóvel por meio de um empréstimo ou financiamento, é bem provável que tenha algumas dúvidas. Uma das mais frequentes diz respeito a como conseguir um avalista ou um fiador.

De fato, é super importante que essas figuras sejam bem compreendidas antes da assinatura do contrato, pois a sua ausência pode dificultar — ou mesmo impossibilitar — a transação. No artigo de hoje, vamos explicar:

  • o que é um avalista e um fiador;
  • por que eles são necessários;
  • como consegui-los no momento de comprar um imóvel.

Confira!

O que é um avalista?

Um avalista é alguém que dá um aval, ou seja, uma garantia (nesse caso, financeira) em um contrato, que pode ser de financiamento, empréstimo ou, mesmo, de aluguel. Ele deverá ter um imóvel onde não resida, cuja escritura definitiva esteja em seu nome (não é possível ser avalista somente com o contrato de compra e venda).

Esse imóvel será a garantia em caso de inadimplência. Além disso, será feita uma pesquisa cadastral para assegurar que o avalista não tem dívidas e nem pendências financeiras.

Caso aprovado, o avalista se torna, então, co-devedor em obrigação solidária, e deverá assinar o título de crédito. Também é possível utilizar-se de um avalista para alugar um imóvel, visto que ele se torna uma garantia da obrigação de pagamento.

O que é um fiador?

O fiador cumpre a mesma função do avalista — de garantir o cumprimento das obrigações financeiras, porém, também assume a responsabilidade de outros deveres contratuais na compra de um imóvel (através de financiamento ou empréstimo bancário) ou, mesmo, em um contrato de locação.

Assim como o avalista, ele também deverá ter um imóvel quitado em seu nome, porém, poderá residir nesse imóvel. Após a aprovação de crédito e análise cadastral, o fiador assina o contrato (ao invés do título de crédito, como é o caso do avalista), e torna-se co-responsável não somente pelo pagamento, mas também pelo cumprimento das cláusulas.

Quando os fiadores são necessários?

Em qualquer contrato de financiamento, empréstimo ou locação são necessárias garantias, sendo que o avalista e o fiador são duas modalidades usadas com frequência no Brasil.

Apesar de serem comumente associados ao processo de locação, a verdade é que eles estarão em qualquer contrato que precise de uma segurança de pagamento a longo prazo. Logo, serão utilizados em qualquer compra de alto valor (como é o caso de imóveis), que não seja feita à vista.

Quais as principais diferenças entre avalista e fiador?

Como citamos, os dois são agentes de garantia que asseguram o pagamento de um bem, mas o fiador costuma ser preferido pelos credores.

Isso porque, mesmo envolvendo maior burocracia, ele se torna responsável pelo cumprimento do contrato como um todo (já que o assina juntamente com o devedor). O avalista, por outro lado, somente responde pelo pagamento do valor de face do título (sem juros e sem encargos, já que apenas coloca sua assinatura no título de crédito).

Outra diferença relevante diz respeito à preferência de ordem de execução. Nos contratos com fiador, é obrigatório que o primeiro a ser acionado em caso de atraso ou inadimplência seja o próprio devedor (nesse caso, quem está comprando o imóvel). Somente depois de esgotadas todas as tentativas é que o fiador será contatado.

No caso do avalista, não existe preferência de ordem, portanto, o credor poderá escolher se quer acionar primeiro o devedor ou o avalista. Normalmente, eles acionam o avalista, que poderá pressionar o devedor para que o pagamento seja feito com maior rapidez.

E quais as principais semelhanças entre os dois?

É importante ressaltar que tanto o avalista quanto o fiador devem passar por análise cadastral, ter um imóvel em seu nome e, quando casados, do consentimento do cônjuge para assinar o título de crédito ou o contrato. Essa última exigência só não existirá caso o regime do casamento seja de separação total de bens.

Quais as vantagens de utilizar um avalista ou fiador para comprar um imóvel?

Você pode estar pensando: se eu precisasse de um avalista ou fiador, tanto para alugar quanto para comprar, quais seriam as vantagens de comprar um imóvel, utilizando dessas garantias?

A primeira é o fato de que, comprando um imóvel através de financiamento, você estará pagando parcelas, assim como paga em um aluguel. Porém, nesse caso, você estará amortizando a dívida e adquirindo um patrimônio.

Em segundo lugar, essas garantias não são onerosas como seguros ou títulos, que representam um valor significativo para serem contratados. Logo, você estará optando por comprar um imóvel, não mais custeará um bem que não é seu (o que acontece na modalidade de locação) e não pagará a mais por isso.

Como conseguir um avalista ou fiador?

Agora vem a pergunta mais difícil: com tantas vantagens, como conseguir um avalista ou fiador? De fato, essa é a parte mais complexa, porém, é bastante factível. Primeiramente, analise as exigências de cada uma das modalidades de garantia e tente encontrar pessoas que cumpram com essas regras (tenham imóvel próprio, renda fixa e cadastro saudável).

Em seguida, tente afunilar para pessoas que sejam mais próximas, como pais, tios, primos e amigos íntimos. Somente em último caso recorra a amigos de amigos e colegas de trabalho.

Não se acanhe ao perguntar se a pessoa aceitaria ser sua fiadora ou analista. Ao invés disso, monte um discurso que prove sua responsabilidade e capacidade de arcar com os compromissos. Provar estabilidade financeira e um histórico favorável é o primeiro passo para mostrar ao potencial garantidor a sua idoneidade.

Como você pode ver, não é tão complicado entender os termos que lidamos ao comprar um imóvel utilizando-se de garantias. Basta entender bem como funcionam para começar a concretizar o objetivo de conquistar um imóvel próprio.

Entendeu como conseguir um avalista ou fiador e quais são os papéis de cada um deles na compra ou locação de um imóvel? Então curta nossa página no Facebook e fique sempre por dentro de outras informações exclusivas sobre o mercado imobiliário!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *