16 Comentários

  1. Jair

    Não consulte um Advogado, como mencionado, consulte um Corretor de imóveis…. Assim fica correto é mais seguro.

    Responder

  2. Eu me chamo Antônia eu gostaria de saber se tem como eu tirar o nome do meu cônjuge ou companheiro do meu imóvel pois estou tendo contrigimento com filho e família já foi assinado em cartório tem como recorrer porque ele não que tirar mais eu me arrependi?

    Responder

    1. Uma vez registrado o imóvel, a retirada não poderá ser feita de forma unilateral.
      Somente poderá proceder com a exclusão após determinação judicial, seja pelo processo de divórcio, separação, partilha ou outros.

      Responder

  3. Muito bom seu site / Blog. Vou continuar seguindo os conteúdos essas dicas aqui. Obrigado por compartilhar, está me ajudando muito.

    Responder
  4. Otoniel PEREIRA

    Na compra de lote em condomínio, o Contrato pode ser registrado no Cartório de Imóveis, considerando que haverão 60 parcelas a serem pagas. E o ITBI, será pago pelo valor total do Contrato ?

    Responder

    1. Sim, desde que o lote esteja regularizado junto ao cartório você poderá realizar a averbação do contrato junto a matrícula do imóvel.

      No entanto, há que se ressaltar, que o contrato de compra e venda é apenas uma fase inicial do processo como um todo. O ideal é que, após a assinatura do contrato de compra e venda, se proceda com a lavratura da escritura pública no cartório de notas e logo após, o registro no cartório de registro competente.

      Esse é o procedimento correto, para que se proceda a transferência da propriedade adquirida, ainda que haja prestações a serem vencidas.

      No entanto, nos casos de parcelas, o terreno será devidamente registrado, por opção do vendedor, com a previsão de uma cláusula resolutiva, uma garantia do vendedor, para que, caso as parcelas acordadas não sejam adimplidas, haja a possibilidade de resolução do contrato e restituição do terreno adquirido
      O ITBI é pago sobre o valor do contrato ou o valor cadastrado na SEFAZ/DF, sempre será o maior valor.

      Responder
  5. JUSE SILVA. DOS SANTOS

    Melhor um advogado, comprei um imóvel e meu corretor não me orientou a nada nem sobre esse imposto q poderia ser acordado com o proprietário, agora eu que vou ter q pagar a conta.

    Responder

    1. Claro. Realmente é necessário ter um apoio de um profissional que entende da parte jurídica. Por isso oferecemos assessoria jurídica para todos os nossos clientes durante todo o processo de compra do imóvel.

      Responder
  6. Mônica Pratali

    Olá, estou fazendo uma transação, dando dois imóveis em troca de um bem maior, sem envolver dinheiro. Nessa transação há pagamento de ITBI?

    Responder

    1. Sim, o ITBI é o imposto sobre a transmissão do imóvel, ou seja, a compra, permuta, ou qualquer outra forma na qual esteja sendo transferido um bem imóvel de uma pessoa para outra será obrigatório o pagamento do imposto. No seu caso, haverá a cobrança nos 3 imóveis que está sendo negociados.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *